Aprenda tudo que você precisa saber sobre a bolsa esportiva para começar hoje mesmo direto do seu celular ou computador.

Método rtb

  • carlospulgartb

Mini Guia da Bundesliga



A Bundesliga está retornando e preparei esse mini guia com as informações mais relevantes em relação às equipes:


Bayern de Munique


Técnico: Hans-Dieter Flick

Competição europeia: Liga dos Campeões

Destaques: Neuer, Alphonso Davies, Thiago Alcântara, Kimmich e Gnabry

Craque do time: Lewandowski

Quem chegou: Leroy Sané(ponta), Tanguy Nianzou(zagueiro), Alexander Nubel(goleiro) e Joshua Zirkzee(centroavante, promovido ao time principal)

Quem saiu: Lars Lukas Mai(zagueiro) e Christian Früchtl(goleiro)


Objetivo na temporada: Vencer a competição


O Bayern é a maior força do futebol alemão, onde já foi campeão da Bundesliga 30 vezes e vem de uma sequência de 8 títulos seguidos na competição.


Na última temporada a equipe teve um início com oscilações ainda quando estava sendo comandada por Niko Kovac, com dificuldades na criação das jogadas ofensivas e instabilidades na defesa. Após Hans Flick assumir, o Bayern teve uma grande evolução, chegando a recuperar Thomas Muller que não era muito utilizado pelos antigo treinador.


Além de se recuperar e garantir mais um título da Bundesliga, o Bayern ainda venceu a Liga hdos Campeões para engrandecer ainda mais essa temporada. Até agora entre as contratações se destaca a chegada de Leroy Sané, um dos melhores em sua posição. Por outro lado a equipe pode perder Thiago Alcântara, um dos melhores jogadores da equipe e peça fundamental na Champions League.


Borussia Dortmund


Técnico: Lucien Favre

Competição europeia: Liga dos Campeões

Destaques: Haaland, Marco Reus, Mats Hummels e Brandt

Craque do time: Jadon Sancho

Quem chegou: Jude Bellingham, Thomas Meunier e Reinier

Quem saiu: Mario Gotze, Dzenis Burnic e Leonardo Balerdi


Objetivo na temporada: Vencer a competição


O Borussia Dortmund continua apostando em jovens jogadores. Contratou o promissor meia britânico Jude Bellingham e ainda trouxe o brasileiro Reinier por empréstimo.


Na última temporada a equipe terminou na vice colocação e teve uma boa queda de rendimento na reta final da liga.


No setor ofensivo a equipe possui boa qualidade técnica aliada a velocidade, destaque para Jadon Sancho que vem evoluindo bastante nas últimas temporadas.

Já na defesa ainda vejo uma equipe bem instável, principalmente pela exposição na qual costuma ficar durante os jogos devido a sua pressão ofensiva.


RB Leipzig


Técnico: Julian Nagelsmann

Competição europeia: Liga dos Campeões

Destaques: Upamecano, Dani Olmo e Nkunku

Craque do time: Sabitzer

Quem chegou: Hwang, Benjamin Henrichs e Josep Martinez

Quem saiu: Timo Werner, Hannes Wolf e Angelino


Objetivo na temporada: Vencer a competição


O Leipzig vem evoluindo a cada temporada e conseguiu um grande feito ao disputar a fase de semi final da última Liga das Campeões.


Infelizmente não contam mais com o Timo Werner, negociado com o Chelsea. Este jogador vinha sendo um dos principais destaques da equipe e era muito importante para o setor ofensivo. Para tentar repor o espaço deixado pela saída de Werner, o Leipzig contratou Hee-chan Hwang, atacante que se destacou muito bem pelo Salzburg, aliando técnica e velocidade.


A equipe do técnico Julian Nagelsmann se destaca bem no setor ofensivo, principalmente nas jogadas de contra ataque onde possui boa organização. A defesa por sua vez possui boa qualidade, mas costuma deixar muitas brechas nas laterais, tendo dificuldades contra equipes com boa velocidade.


Hoffenheim


Técnico: Sebastian Hoene

Competição europeia: Liga Europa

Destaques: Oliver Baumann, Minas Dabbur, Robert Skov e Rudy

Craque do time: Andrej Kramaric

Quem chegou: Gacinovic

Quem saiu: Steven Zuber, Lucas Ribeiro e Gregor Kobel


Objetivo na temporada: Classificação para liga europeia


O Hoffenheim passou por irregularidades no início da temporada passada. Chegando a passar por uma sequência de 7 jogos sem vencer.


No segundo turno a equipe teve uma boa evolução, principalmente na defesa que vinha sendo um dos pontos mais fracos.


Até o momento não apresentou nenhum nome de peso e vem trabalhando para manter os destaques da última temporada. No conjunto possui até uma boa equipe, mas é bem limitada em questão as peças de reposição, algo que pode pesar bastante durante a temporada já que a equipe ainda tem uma Liga Europa para disputar.


Bayer Leverkusen


Técnico: Peter Bosz

Competição europeia: Liga Europa

Destaques: Aranguiz, Lars Bender, Bailey e Diaby

Craque do time: Lucas Alario

Quem chegou: Lennart Grill

Quem saiu: Kai Havertz e Kevin Volland


Objetivo na temporada: Classificação para liga europeia


O Leverkusen encerrou a última temporada na 5ª colocação após disputar rodada a rodada uma vaga para a Liga dos Campeões. Com uma boa força ofensiva, o Leverkusen costuma explorar bem os lançamentos em velocidade para surpreender os adversários e possui jogadores com boa qualidade individual. Defensivamente a equipe costuma ficar exposta, o que gerou dificuldades na última temporada.


Recentemente perdeu um dos seus melhores jogadores e peça fundamental dentro do seu esquema, o Kai Havertz que foi negociado com o Chelsea. Além dele, o atacante Volland se transferiu para o Mônaco.


Monchengladbach


Técnico: Marco Rose

Competição europeia: Liga dos Campeões

Destaques: Pléa, Denis Zakaria, Embolo, Bensebaini e Sommer

Craque do time: Marcus Thuram

Quem chegou: Valentino Lazaro, Hannes Wolf e Joe Scally

Quem saiu: Tobias Strobl, Fabian Johnson e Raffael


Objetivo na temporada: Classificação para liga europeia


O Monchengladbach na última temporada chegou a sonhar com título, mas a falta de opções de qualidade e a limitação técnica da equipe influenciaram bastante na sua queda de rendimento.


A equipe conta com 3 jogadores de ótima velocidade e técnica no ataque: Thuram, Pléa e Embolo, sendo as principais armas para o técnico Marco Rose.


Na defesa a equipe possui boa regularidade, principalmente nas jogadas aéreas e saída para o contra ataque.


Apesar da boa organização coletiva, a questão da falta de opções ainda gera grande preocupação, principalmente pela participação na Liga dos Campeões.


Wolfsburg


Técnico: Oliver Glasner

Competição europeia: Liga Europa

Destaques: Paulo Otávio, Kevin Mbabu e Josip Brekalo

Craque do time: Elvis Rexhbecaj

Quem chegou: Bartosz Bialek e Maxence Lacroix

Quem saiu: Félix Uduokhai, Robin Knoche, Ismail Azzaohi e Phillip Menzel


Objetivo na temporada: Classificação para liga europeia


A equipe teve uma das melhores defesas na temporada passada. Entre as suas principais características estão as jogadas pelas pontas e a exploração dos cruzamentos.


Na Liga Europa a equipe está classificada para a fase de qualificação dos grupos.


Apesar de ser bem organizado coletivamente, a equipe possui limitações em diversas posições, como no meio e ataque, pontos que ficaram bem visíveis na temporada passada pela dificuldade em manter um bom rendimento no setor ofensivo.


Freiburg


Técnico: Christian Streich

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Manuel Gulde, Christian Gunter e Vincenzo Grifo

Craque do time: Mark Flekken

Quem chegou: Guus Til, Ermedin Demirovic e Benjamin Uphoff

Quem saiu: Robin Koch, Luca Waldschmidt, Alexander Schwolow e Pascal Stenzel


Objetivo na temporada: Classificação para liga europeia


O Freiburg teve uma das melhores defesas na última temporada. Bem organizada defensivamente, o Freiburg explorava bem os contra ataques e lançamentos em velocidade, prometendo ser uma das surpresas na liga.


A limitação nas peças de reposição foram uma das maiores dificuldades da equipe, o que acabou gerando uma queda de rendimento, o que atrapalhou o Freiburg na busca por uma vaga na Liga Europa


Hertha Berlin


Técnico: Bruno Labbadia

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Jordan Torunarigha, Boyata e Piatek

Craque do time: Matheus Cunha

Quem chegou: Alexander Schwolow e Zeefuik

Quem saiu: Ibisevic, Pascal Kopke e Alexander Esswein


Objetivo na temporada: classificação para liga europeia


O Hertha Berlin teve um início bem oscilante na temporada passada. No comando de Klinsmann a equipe sofria com a instabilidade defensiva e a dificuldade na criação das jogadas defensivas. Após a chegada do novo treinador Bruno Labbadia a equipe teve uma boa evolução, principalmente no setor ofensivo.


A chegada de Piatek e Matheus Cunha deram muita qualidade ao ataque do Hertha e nesta temporada a equipe vem tentando se reforçar para lutar pelas primeiras posições e deixar de para trás a irregularidade que sofreu na temporada passada.


Frankfurt


Técnico: Adi Hutter

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Daichi Mamada, Sebastian Rode e Nas Dost

Craque do time: Filip Kostic

Quem chegou: Steven Zuber, Ragnar Ache

Quem saiu: Lucas Forró, Mijar Gacinovic, Sejam Joveljic e Rodrigo Zalazar


Objetivo na temporada: Classificação para liga europeia


Na última temporada o Frankfurt passou longe das expectativas da torcida. Defensivamente instável, o Frankfurt tinha muitas dificuldades atuando fora de casa, chegando a ser o 7º pior visitante. Já atuando como mandante teve um bom rendimento, principalmente do seu setor ofensivo.


Para a atual temporada a equipe busca manter suas principais peças e trazer mais jogadores para permitir que Adi Hutter tenha uma boa variedade de opções para manter o nível no decorrer da liga.


Bielefeld


Técnico: Uwe Neuhaus

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Marcel Hartel, Stefan Ortega, Andreas Voglsammer

Craque do time: Fabian Klos

Quem chegou: Ritsu Doan, Mike van der Hoorn, Sérgio Córdova, Nathan de Medina e Christian Gebauer

Quem saiu:Jonathan Clauss, Florian Hartherz, Weihrauch, Keanu Saúde e Alex Pérez


Objetivo na temporada: Se manter na elite e possivelmente brigar por uma classificação para uma liga intercontinental


O Bielefeld chega a elite após ter sido campeão da Bundesliga 2. A equipe demonstrou ter uma boa organização defensiva, explorando bem os espaços para surpreender os adversários. A equipe vem trabalhando para manter os destaques da última temporada, inclusive o seu melhor jogador Fabian Klos que foi artilheiro da Bundesliga 2 com 21 gols.


Mesmo chegando agora a primeira divisão o Bielefeld mostra ter uma boa base para cumprir seu principal objetivo que é se manter na elite, inclusive podendo surpreender e brigar por posições melhores. Pouco a pouco vem trazendo reforços para manter um time competitivo.


Union Berlin


Técnico: Urs Fischer

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Christopher Lenz, Schlotterbeck e Subotic

Craque do time: Christopher Trimmel

Quem chegou: Robin Knoche, Nico Schlotterbeck, Max Kruse e Marius Butter

Quem saiu: Sebastian Potter, Félix Kross, Suleiman Abdullahi, Rafael Gikiewicz e Manuel Schmiedebach


Objetivo na temporada: Meio da tabela e distância do rebaixamento


Na temporada passada o Union Berlin era recém chegado a elite e tinha o objetivo principal de se manter na elite. Apesar das limitações técnicas, a equipe se saiu bem defensivamente e buscando explorar os contra ataques para surpreender os adversários, principalmente nas jogadas aéreas.


Dentro de casa exerceu maior força chegando a ter a 8ª melhor campanha como mandante, mas como visitante foi o 3º pior, por muitas vezes se defendendo além do esperado. Apesar de ser limitada tecnicamente, o Union Berlin vem bem organizado coletivamente e creio que pode ser uma das equipes mais cascudas dessa temporada, até pelas suas principais características.


Augsburg


Técnico: Beijo Herrlick

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Daniel Baler

Craque do time: Florian Niederlechner

Quem chegou: Félix Uduokhai, Daniel Caligiuri, Tobias Strobl, Robert Gumny e Rafael Gikiewicz

Quem saiu: Philipp Max, Kevin Danso, Sergio Córdova, Stephan Lichtsteiner, Georg Teigl


Objetivo na temporada: Lutar contra o rebaixamento


Já não é de agora que o Augsburg vem sofrendo para se manter na Bundesliga e nesta temporada não deve ser diferente. A equipe perdeu um dos seus principais destaques da última temporada, o lateral esquerdo Philipp Max e vai tentando se movimentar para reforçar a equipe. Uma das principais deficiências da equipe era o setor defensivo, com diversas brechas e erros de posicionamento.


Schalke


Técnico: David Wagner

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Salif Sané e Ozan Kabak

Craque do time: Harit

Quem chegou: Ibisevic

Quem saiu: Daniel Caligiuri, Weston McKennie e Bernard Tekpetey


Objetivo na temporada: Lutar contra o rebaixamento


O Schalke já vem de duas temporadas irregulares e nesta temporada vem apostando nos atletas da base. Até agora a única contração foi Ibisevic que chega de graça vindo do Hertha.

Para essa temporada David Wagner deve ter ainda mais trabalho para manter a regularidade da equipe, principalmente pelas poucas peças de qualidade para reposição. Não vejo um cenário diferente que não seja a briga na parte de baixo da tabela.


Koln


Técnico: Markus Gisdol

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Toni Leistner, Jonas Hector e Jhon Córdoba

Craque do time: Florian Kainz

Quem chegou: Ron-Robert Zieler

Quem saiu: Kingsley Schindler, Marcel Risse, Birger Verstraete, Vincent Koziello e Simon Terodde


Objetivo na temporada: Lutar contra o rebaixamento


O Koln é mais uma equipe que deve aproveitar os jogadores da base nessa temporada e até o momento não fez muitas movimentações no mercado. A equipe encerrou a última temporada na 14ª colocação e com diversas irregularidades defensivas, mas ainda sim com um ataque com boa qualidade nas jogadas em velocidade.


Werder Bremen


Técnico: Florian Kohfeldt

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Davy Klaassen, Ludwig e Juro Pavlenka

Craque do time: Josh Sargent

Quem chegou: Leonardo Bittencourt, Tahith Chong, Félix Agu, Patrick Erras

Quem saiu: Muro Sahin, Félix Bijmo, Sebastian Langkamp, Fim Bartels e Benjamin Goller


Objetivo na temporada: Luta contra o rebaixamento


Na temporada passada o Bremen teve uma baita queda no rendimento e enfrentou grandes desafios para escapar do rebaixamento. A equipe conseguiu terminar na zona de playoffs (na Bundesliga o 16º colocado decide a sua permanência contra o 3º colocado da Bundesliga 2) e garantiu sua permanência ao derrotar o Heidenheim. Para está temporada a equipe vem tentando trazer reforços de qualidade e tentar se manter na elite.


Mainz


Técnico: Achim Beirlorzer

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Robin Quaison e Jean-Paul Boetius

Craque do time: Jean-Philippe Mateta

Quem chegou: Luca Lilian, Dimitri Lavallee

Quem saiu: Florian Muller, Alexandre Máximo e Gerrit Holtmann


Objetivo na temporada: Lutar contra o rebaixamento


O Mainz teve um bom início na temporada passada, mas a limitação técnica e de peças para reposição influenciaram bastante no rendimento do time, chegando a fazer um péssimo segundo turno e brigando contra o rebaixamento. Para essa temporada não vejo um cenário diferente que não seja a briga para ficar na elite, até pelas suas limitações.


Stuttgart


Técnico: Pellegrino Matarazzo

Competição europeia: Nenhuma

Destaques: Gonzalo Castro, Daniel Didavi e Marcin Kaminski

Craque do time: Silas Wamangituka

Quem chegou: Waldemar Anton, Gregor Kobel, Pascal Stenzel, Konstatinos Mavropanos e Waturu Endo

Quem saiu: Donis, Chadrac Akolo, Pablo Maffeo, Holger e Badstuber e Mario Gomez


Objetivo na temporada: Lutar contra o rebaixamento


O Stuttgart retorna para a primeira divisão após ter feito boa campanha na Bundesliga 2, encerrando na segunda colocação. Apesar de ter bons jogadores no setor ofensivo, ainda considero o Stuttgart com uma defesa bem falha para aguentar a pressão na primeira divisão. Na temporada anterior a equipe se destacou pelas jogadas em velocidade e pelas brechas na defesa, ponto que deve ser bem explorado pelo adversário.


Espero que tenha sido útil. Lembre sempre de apostar com responsabilidade e manter a disciplina, boas apostas e ótimo início de temporada!


Artigo escrito por Fabiano Jonas

104 visualizações

Ao fazer parte do Grupo de Elite, você terá acesso à análises diárias de jogos feitas por especialistas de maneira fácil, prática e com grande tendência de lucro.

Grupo de Elite

© Mundo RTB. Desenvolvido por Grupo MVDesign.

  • Nossa página no Facebook
  • Nosso canal no Youtube