Aprenda tudo que você precisa saber sobre a bolsa esportiva para começar hoje mesmo direto do seu celular ou computador.

Método rtb

GUIA DO CAMPEONATO PAULISTA 2020

Atualizado: Fev 25


Fala pessoal, tudo bem com vocês? Carlos Pulga na área trazendo um miniguia do Paulistão para servir de base para os estudos de todos aqueles que irão trabalhar nessa competição, aqui você irá encontrar um resumo geral da competição, além de Power Ranking e um estudo de cada equipe que irá disputar a competição, vamos lá?


O Campeonato

O Paulistão é considerado o estadual mais difícil do nosso país devido a boa estrutura das equipes menores sem contar a quantidade de times que disputam as principais divisões dos campeonatos brasileiros elevando e muito o nível técnico do campeonato se comparado aos outros estaduais.

Cotas de Transmissão

Outro fator que diferencia o Campeonato dos demais são valores recebidos pelos times dos direitos de transmissão, esse ano os 4 grandes irão receber nada menos do que 26 milhões de reais, as equipes que estão a mais tempo disputando a primeira divisão paulista irão receber 8 milhões de reais e os recém promovidos nada menos do que 6 milhões de reais, só a título de comparação, o pequeno Água Santa irá receber sozinho o mesmo valor que Sport, Santa Cruz, Náutico, Bahia, Vitória, Fortaleza e Ceará juntos pelos direitos de televisão dos seus estaduais, essa diferença resulta em um maior poder financeiro para montar bons elencos buscando atletas da Série B e até mesmo da Série A.


Regulamento

Esse ano a competição terá o mesmo regulamento dos anos anteriores, com a divisão dos 16 times em 4 grupos se classificando para a próxima fase os 2 melhores colocados, o detalhe fica para o fato das equipes não enfrentarem os times que estão no seu próprio grupo, as 2 equipes com a menor pontuação na classificação geral serão rebaixadas para a Série A2 de 2021, já as fases eliminatórias serão disputadas em jogo único com apenas a grande final sendo disputada em dois jogos.


As Equipes

O Paulistão conta com alguns times que sempre dão um certo trabalho para os 4 grandes como a dupla tradicional de Campinas, Guarani e Ponte Preta, o Botafogo-SP e Oeste que estão na Série B do Campeonato Brasileiro e a grande sensação do momento o Red Bull Bragantino que vem cercado de muita expectativa devido ao seu alto investimento da empresa de energéticos.


Esse ano também teremos uma outra novidade, a Ferroviária de Araraquara que foi recém adquirida por um investidor dando início a um audacioso projeto rumo as principais divisões do Campeonato Brasileiro em poucos anos.


Além dessas equipes temos o Ituano Campeão Paulista 2014 que subiu para a Série C ano passado, o Mirassol que possui uma das melhores estruturas dos times do Interior desde a construção do Centro de Treinamento graças ao dinheiro da venda do atacante Luis Araújo do São Paulo para a França, o Novorizontino que vem há vários anos realizando um bom trabalho tanto nas categorias de base como no Paulistão, além das três equipes que vieram da Série A2, os tradicionais Santo André e Inter de Limeira e o Água Santa.


Power Ranking


O Power Ranking é uma técnica muito utilizada pelos apostadores em suas pesquisas para os campeonatos que irão trabalhar durante o ano como uma forma de qualificar as equipes separando por blocos dos favoritos ao título até os candidatos ao rebaixamento facilitando assim na hora de fazer as apostas no campeonato.


1. Palmeiras 4.75/5

2. Corinthians 4.5/5

3. Santos 4.25/5

4. São Paulo 4.25/5

5. Red Bull Bragantino 3.75/5

6. Ponte Preta 3/5

7. Guarani 2.75/5

8. Ferroviária 2.75/5

9. Novorizontino 2.75/5

10. Botafogo-SP 2.5/5

11. Oeste 2.5/5

12. Ituano 2.5/5

13. Mirassol 2.25/5

14. Água Santa 2.25/5

15. Santo André 1.50/5

16. Inter de Limeira 1.25/5


Curiosidade: Esse ano todos os 4 grandes dividirão as atenções do Paulistão com a Copa Libertadores, algo inédito até então, fato importante para observar como irão conseguir conciliar as duas competições logo no início da temporada.


Grupos Paulistão Série A1 – 2020


Grupo A Grupo B

- Santos - Palmeiras

- Ponte Preta - Novorizontino

- Oeste - Botafogo-SP

- Água Santa - Santo André


Grupo C Grupo D

- São Paulo - Corinthians

- Ituano - Red Bull Bragantino

- Mirassol - Guarani

- Inter de Limeira - Ferroviária


Palmeiras

Time Base: Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gomez, Felipe Mello e Diego Barbosa, Patrick de Paula, Bruno Henrique, Lucas Lima, Dudu, Zé Rafael e Luiz Adriano

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Craque: Dudu

Revelação: Verón


Planejamento 2020

O Palmeiras começa 2020 de uma maneira bem diferente se comparado os últimos anos, com a demissão de Alexandre Mattos e Mano Menezes no final da última temporada e a tentativa frustrada por Sampaolli, a diretoria enxergou em Luxemburgo o comandante ideal para a pequena reformulação depois de um ano abaixo das expectativas.


Contratações e Dispensas

Antes um dos principais compradores do mercado da bola, esse ano a equipe foi bem mais discreta apostando principalmente nas categorias de base que vem acumulando títulos nos últimos anos porém sem encontrar espaço para a utilização dos principais destaques na equipe principal, para 2020 a promessa é o oposto e para essa temporada foram promovidos ao grupo principal nada menos do que oito atletas da base (Patrick de Paula, Gabriel Menino, Lucas Esteves, Ângulo, Alan, além do retorno de Vinícius e Pedrão destaques da base que estavam emprestados a times da Série B).

Para os meninos ganharem mais oportunidades além de aliviar as finanças do clube, a diretoria tratou de negociar vários atletas, entre eles, Borja, Fernando Prass, Edu Dracena, Tiago Santos, Antônio Carlos, Deyverson, Jean, Arthur, Hyoran entre outros.

Situação no Campeonato

Mesmo com poucos reforços o Palmeiras mantém praticamente o mesmo time titular do ano passado e com muitas peças do título brasileiro de 2018 apostando no entrosamento e na vontade dos meninos da base que terão a primeira oportunidade no profissional a equipe surge como um dos grandes favoritos a conquistar o Paulistão, competição que não vence desde 2008 quando Luxemburgo também estava no comando da equipe.

Power Ranking: 4.75


Corinthians

Time Base: Cássio, Fagner, Gil, Danilo Avelar e Sidcley, Gabriel, Cantillo, Mateus Vital, Pedrinho, Luan e Boselli.

Técnico: Tiago Nunes

Craque: Luan

Revelação: Pedrinho


Planejamento 2020

O Corinthians versão 2020 promete um futebol totalmente diferente do praticado pela equipe desde a época de Mano Menezes passando por Tite e Fabio Carille que trouxe as maiores conquistas da história do clube prezando um futebol defensivo que trazia resultado, mas que ultimamente já não estava mais funcionando como antigamente deixando a torcida irritada.


Contratações e Dispensas

Para mudar totalmente esse panorama a diretoria agiu rápido e contratou o técnico sensação Tiago Nunes responsável pelo excelente trabalho do Athlético-PR onde foi campeão da Copa Sulamericana e Copa do Brasil adepto de um futebol rápido e ofensivo Tiago já iniciou a mudança da filosofia nas contratações e dispensas montando um elenco com características diferente do ano passado, sem muitas contratações o timão tirou do Grêmio Luan o melhor jogador da América em 2017 porém ele vem em baixa nos últimos tempos, Cantillo meio campista colombiano do Junior Barranquilla também foi contratado para ser o responsável pela dinâmica do meio campo, além da volta do lateral Sidcley, outra mudança de Tiago foi a passagem de Danilo Avelar para a zaga e a liberação de Ralf e Jádson, outras saídas foram Junior Urso, Clayson e Sornoza.


Situação no Campeonato

Com todas essas mudanças o Corinthians surge como um dos favoritos para a competição que já se tornou habitual para a equipe sendo o atual tri campeão do torneio, resta saber como Tiago Nunes irá conseguir implementar o seu estilo de jogo com a pressão da torcida por bons resultados.

Power Ranking: 4.5


Santos

Time Base: Everson, Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan, Alisson, Pituca, Carlos Sanchez, Soteldo, Marinho e Sasha.

Técnico: Jesualdo Ferreira

Craque: Carlos Sanchez

Revelação: Tailson


Planejamento 2020

Após um 2019 surpreendente onde foi Vice Campeão Brasileiro sob o comando de Jorge Sampaolli, o Santos começa 2020 com menos expectativas, após a perder o seu comandante, a equipe que sofre com graves problemas financeiros resolveu manter a aposta em técnicos estrangeiros (que deu muito certo ano passado) e trouxe o Português Jesualdo Ferreira grande rival de Jorge Jesus em terras lusitanas, o experiente treinador tenta fazer sucesso por aqui assim como o seu compatriota.


Contratações e Dispensas

Jesualdo terá bastante trabalho afinal assume uma equipe enfraquecida se comparado com o ano passado graças as perdas de Gustavo Henrique, Jorge e Victor Ferraz, trazendo apenas Raniel e Madson em trocas com São Paulo e Grêmio por enquanto.


Fica a expectativa se ele conseguirá manter o nível de Sampaolli que mesmo sem recursos e com um elenco pequeno conseguiu demonstrar um ótimo futebol inclusive goleando o grande campeão Flamengo por 4x0 no último jogo do ano.


Situação no Campeonato

Com tudo isso, o Santos apostará na força do seu time titular que mesmo com as baixas conta com Carlos Sanchez, Soteldo, Marinho e Sasha que vive grande fase para bater de frente com os outros grandes, ainda que tenha que dividir atenções com a Libertadores o Santos surge como um dos favoritos ao título.

Power Ranking: 4.25


São Paulo

Time Base: Tiago Volpi, Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo, Tchê Tchê, Igor Gomes, Daniel Alves, Vitor Bueno, Antony e Pablo

Treinador: Fernando Diniz

Craque: Daniel Alves

Revelação: Antony


Planejamento 2020

O São Paulo começa 2020 com um gosto amargo devido à mais um ano sem títulos e com desempenho bem abaixo do esperado, mesmo a vaga na pré libertadores não foi tão comemorada, para 2020 a equipe começa com problemas financeiros que atrapalharam a equipe na busca por reforços.


Contratações e Dispensas

Até o momento os maiores reforços foram a contratação em definitivo de Tiago Volpi e Igor Vinícius que estavam emprestados ano passado, além deles a equipe assegurou a permanência em definitivo do meia Vitor Bueno em negócio com o Santos que envolveu a ida de Raniel para o time da baixada e aposta em jogadores contratados em 2019 e que não conseguiram mostrar um bom futebol, exemplo de Pato, Hernanes, Daniel Alves e companhia, em relação à saídas também não houveram grandes perdas, apenas Hudson emprestado para o Fluminense, Raniel e Jean que teve o contrato suspenso depois do caso de agressão a sua esposa nas férias.


A diretoria acredita que Diniz conseguirá enfim desenvolver o seu trabalho e mostrar um bom futebol ao longo da temporada, algo que poderá dificultar o seu trabalho é a necessidade da diretoria em fazer caixa e a venda de atletas está prevista no orçamento do ano, com isso a equipe terá ainda mais espaços para jovens que se destaquem nas categorias de base.


Situação no Campeonato

Mesmo com algumas dificuldades o São Paulo possui um bom time e bate de frente com os maiores rivais, se Diniz conseguir recuperar o futebol de algumas estrelas que andam apagadas o tricolor sobe de nível e diminui a desconfiança da todos, resta aguardar.

Power Ranking: 4.25


Red Bull Bragantino

Time Base: Júlio César, Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar, Uillian Corrêa, Matheus Jesus, Thonny Anderson, Claudinho, Arthur, Ytalo.

Técnico:

Craque: Claudinho


Planejamento 2020

O time do momento, assim que o RB Bragantino inicia o ano depois do início da parceira entre Red Bull e Bragantino que já rendeu o título da Série B sem maiores dificuldades e o consequente acesso a elite do futebol Brasileiro, a equipe surge como um dos principais times em questão de poder de investimento e já deu uma pequena demonstração nesse início de ano contratando jovens talentos que estavam nos principais times do Brasil, como Arthur, Thonny Anderson e Alerrandro.


Contratações e Dispensas

Mesmo que tenha sofrido um abalo com a saída do técnico Antonio Carlos Zago, a diretoria segue firme em seu planejamento de se tornar uma potência do país em até cinco anos, a exemplo dos outros times da franquia espalhados pelo mundo, em relação ao mercado da bola a equipe conseguiu manter todos os principais jogadores se desfazendo apenas de jogadores que fizeram parte do elenco como o veterano Thiago Ribeiro e outros como Lucas Ramon, Rafael Carioca, Pio e Roberson.


Situação no Campeonato

Um time jovem, rápido e com um futebol ofensivo deve marcar a equipe durante o ano, resta saber se conseguirão corresponder as expectativas e brigar na parte de cima da tabela e o Paulistão será um grande teste para a equipe de Bragança Paulista, um ponto que pode ajudar é a participação dos grandes na Libertadores deixando o Paulistão de lado priorizando a competição continental, abrindo espaço para possíveis surpresas.


Claudinho segue sendo o principal jogador do time, seguido de Léo Ortiz e Uillian Corrêa que fizeram uma grande Série B, com a companhia dos novos reforços a equipe surge como a quinta força do campeonato e principal candidato a surpresa da competição, vamos aguardar.

Power Ranking: 3.75


Ponte Preta

Time Base: Ivan, Apodi, Cleber Reis, Alisson e Guilherme Lazaroni, Bruno Reis, Dawhan e João Paulo, Bruno Rodrigues, Alisson Safira e Roger

Técnico: Gilson Kleina

Craque: Ivan


Planejamento 2020

Reformulação, essa foi a palavra chave da Ponte Preta para 2020, após fracassar na buscar do acesso a elite do Brasileiro, a diretoria manteve o técnico Gilson Kleina muito identificado com a torcida e reformulou completamente o elenco, nada menos do que 19 jogadores começando um trabalho praticamente do zero onde o paulistão será um vestibular para a Série B.


Contratações e Dispensas

Saíram entre eles titulares do último ano como os zagueiros Renan Fonseca e Reginaldo, o lateral Arnaldo, os meios campistas Lucas Mineiro, Araos e o ídolo Renato Cajá que não conseguiu a liberação junto ao Juventude e volta ao clube gaúcho.


Já em relação à reforços a equipe conseguiu trazer alguns bons jogadores como Apodi, Alison Safira e Cleber Reis, alguns nomes como Zé Roberto e Bruno Nazário pretendidos pelo clube fecharam com times da Série A e a equipe segue no mercado em busca de mais alguns nomes para fechar o elenco.


Situação no Campeonato

A Ponte Preta surge como uma das principais forças do interior pela sua tradição e manutenção de alguns nomes que já estavam no clube como o centroavante Roger e o goleiro Ivan da seleção olímpica, aliado aos bons reforços a equipe pode dar trabalho, o ponto de interrogação fica a respeito da questão do entrosamento já que o time é praticamente novo e em um campeonato de tiro curto não há espaços para erros.


Estando em um grupo com Santos, Oeste e Agua Santa, a Ponte tem tudo para se classificar com certa tranquilidade dando um belo pontapé na temporada que se inicia.

Power Ranking: 3


Guarani

Time Base: Mateus Cavichioli, Bruno Souza, Bruno Silva, Ednei e Thallyson, Deivid, Ricardinho, Giovanny, Lucas Crispim, Rafael Costa e Junior Todinho

Técnico: Thiago Carpini

Craque: Lucas Crispim


Planejamento 2020

Após uma recuperação incrível na Série B evitando um rebaixamento que já era dado como certo, Thiago Carpini renovou o contrato e segue no comando técnico do Bugre, a equipe sofreu um verdadeiro desmanche, nada menos do que 19 jogadores saíram, fato esse que desanimou a torcida empolgada com o final de 2019.


Contratações e Dispensas

Entre as saídas, vários destaques da temporada passada como: Luis Gustavo, Arthur Resende, Diego Giaretta, Lenon, Michel Douglas, Diego Cardoso e Davó que foi contratado pelo Corinthians.


Precisando praticamente de um novo elenco a equipe ainda está atrás de alguns nomes, por enquanto já acertou com vários jogadores que disputaram a Série B em 2019, destaque para o zagueiro Leandro Almeida, o goleiro Mateus Cavichioli, o meia Giovanny e os atacantes Rafael Costa e Junior Todinho, entre os poucos remanescentes Thallyson, Deivid, Ricardinho e meia Lucas Crispim chamam a atenção.


Situação no Campeonato

Se mantivesse ao menos uma base do ano passado o Guarani iniciaria o campeonato com outra perspectiva, os reforços são interessantes, porém ainda são poucos se comparado à quantidade de saídas, resta observar como Thiago Carpini irá conduzir a equipe no seu primeiro Paulistão como treinador, em um grupo difícil com Corinthians, Red Bull Bragantino e Ferroviária, o Bugre terá que ter um aproveitamento muito bom para conseguir passar de fase.

Power Ranking: 2.75


Ferroviária

Time Base: Saulo, Lucas Mendes, Max, Carlão e Euller, Tony, Mazinho, Clayton, Karl, Caio Rangel e Henan

Técnico: Marcelo Villar

Craque: Henan


Planejamento 2020

Ano novo, vida nova, esse é o lema da Ferroviária que inicia 2020 com uma perspectiva totalmente diferente dos últimos anos, recém adquirida pelo investidor Saul Klein a equipe inicia um ambicioso projeto de chegar aos principais campeonatos principais do país em até 5 anos, para isso houve uma verdadeira reformulação em todo departamento de futebol do clube, com a saída do diretor Roque Junior e do técnico Vinícius Munhoz, além de boa parte do elenco que disputou a série D e a Copa Paulista.


Contratações e Dispensas

Para comandar o projeto o escolhido foi Marcelo Villar atual campeão da Copa Paulista com o São Caetano e com grande experiência nas divisões inferiores do Brasileiro, vários reforços foram contratados, nada menos do que 6 jogadores do São Caetano que foram campeão com Villar, destaque para os meias Karl e Mazinho, além do veterano Bruno Recife, outros reforços interessantes foram contratados como os atacantes Henan e Caio Rangel, além do lateral Euller e o goleiro Saulo.


O problema disso tudo foi que nessa quinta-feira dia 16/01 Marcelo Villar foi dispensado pelos mesmos investidores que o trouxeram antes mesmo de comandar um jogo pela equipe, Paulo Pelaipe gerente de futebol que estava no Flamengo em 2019 foi contratado para comandar todo o projeto e será responsável por achar um novo técnico a menos de uma semana da estréia, algo que pode com certeza atrapalhar o desempenho do clube.


Situação no Campeonato

Com um grande investimento e uma boa estrutura a Ferroviária inicia o seu projeto com um grande teste de fogo que é o Paulistão, a saída de Marcelo Villar que tem boa experiência e trouxe jogadores da sua confiança pode com certeza atrapalhar o time, mesmo com todas essas novas incertezas, o time tem totais condições de ser uma das principais surpresas da competição, porém o fato de estar em um grupo difícil dificulta os planos da equipe sendo uma bela prova de fogo ao projeto que se inicia.

Power Ranking: 2.75


Botafogo-SP

Time Base: Darley, Val, Reginaldo, Didi e Guilherme Romão, Ferreira, Willian Oliveira, Murilo, Murilo Oliveira, Francis e Diego Cardoso.

Técnico: Wagner Lopes

Craque: Diego Cardoso


Planejamento 2020

Após uma Série B decepcionante com diversas chances desperdiçadas para brigar pelo acesso, o Botafogo começa 2020 com uma reformulação em seu elenco, apenas 9 jogadores ficaram do ano passado, Wagner Lopes foi contratado para o lugar de Hemerson Maria e traz consigo a experiência na montagem de bons elencos baratos, algo necessário devido à alguns problemas financeiros e uma indefinição na diretoria do clube que leva a equipe a apostar na juventude e em nomes menos conhecidos.


Contratações e Dispensas

A média de idada de é de apenas 24 anos com apenas 12 jogadores já tendo jogado a elite do Paulitão, destaque para as contratações do lateral Gilson com passagens por Grêmio, Cruzeiro e que estava no Botafogo, o meia Rafinha que estava no Goiás e o atacante Diego Cardoso que chega como uma das principais esperanças da equipe após um ano muito bom pelo Guarani.


Em relação a saídas o clube perdeu peças importantes como o lateral Lucas ex Palmeiras, o atacante Rafael Costa e Bruno Moraes, entre outros nomes importantes que fazem a a torcida começar o ano com bem menos expectativas do que em anos anteriores, resta saber se Wagner Lopes conseguirá implementar o seu estilo de jogo e preparar a equipe para a Série B que é o maior desafio do ano.


Situação no Campeonato

Em um grupo com Palmeiras, Novorizontino e Santo André, o Botafogo luta pela segunda vaga, porém ao contrário dos anos anteriores sai atrás do Novorizontino e ainda é preciso estar com o sinal de alerta está ligado, pois um começo oscilante e a briga pelo rebaixamento pode se tornar realidade.

Power Ranking: 2.5


Oeste

Time Base: Caique França, Matheus Oliveira, Thiago Nunes, Lidio e Salomão, Betinho, Mantuan, Fabricio Oya, Mazinho, Roberto e Matheus Matias.

Técnico: Renan Freitas

Craque: Mazinho


Planejamento 2020

O Oeste que lutou contra o rebaixamento na Série B começa 2020 trabalhando forte para ter um ano melhor, para isso manteve o técnico Renan Freitas que está no clube desde o começo de 2019 e tem total confiança da diretoria para desenvolver o seu trabalho, a equipe perdeu muitos jogadores importantes do ano passado.


Contratações e Dispensas

Com a saída de jogadores que foram titulares ano passado como o goleiro Mateus Cavichioli, o zagueiro Cleber Reis, o meia Elvis e o atacante Fabio, grande artilheiro da equipe no ano a equipe aposta na parceria que tem com o Corinthians e anunciou alguns jogadores por empréstimo que não teriam espaço no elenco alvinegro, destaque para o goleiro Caique França, Mantuan, Fabricio Oya e o atacante Matheus Matias, resta saber se será o suficiente para conseguir uma boa campanha no Paulistão e uma Série B sem sustos, Renan Freitas terá muito trabalho pela frente.


Para comandar a equipe o ídolo Mazinho renovou o seu contrato para mais um ano e divide com o veterano Roberto a responsabilidade de dar alegrias à pequena torcida que praticamente não comparece aos jogos na Arena Barueri.


Situação no Campeonato

Em um grupo com Santos que surge como a primeira força, uma Ponte Preta reformulada e o novato Agua Santa, o Oeste tem boas oportunidades de lutar pela segunda vaga, porém Renan Freitas precisa encaixar a equipe rapidamente para não perder tempo e pontos pelo caminho.

Power Ranking: 2.5


Ituano

Time Base: Pegorari, Jonas, Ricardo Silva, Suéliton e Breno Lopes, Correa, Barralhas e Serrato, Minho, Gui Mendes e Hugo Cabral.

Técnico: Vinicius Bergantin

Craque: Gui Mendes


Planejamento 2020

O Ituano começa o ano após o tão sonhado acesso à Série C, perseguido pelo clube durante anos, o técnico Vinícius Bergantin vai para a sua terceira temporada no comando técnico da equipe sendo um dos técnicos com mais tempo em um clube no Brasil mantendo a aposta em mesclar jovens das categorias de base com alguns atletas mais experientes.


Contratações e Dispensas

A equipe conta com a volta de vários jogadores que foram emprestados para clubes da Série B após o acesso, entre eles Pegorari, Serrato, Léo Rigo, Ricardo Silva e Barralhas, a esperança da equipe está no jovem atacante Gui Mendes, um dos artilheiros da equipe na Série D e que busca seguir o caminho de sucesso de Martinelli atacante vendido ao Arsenal ano passado, o veterano Correa renovou seu contrato e segue com a sua experiência no meio de campo da equipe.


Nas contratações destaque para o atacante Minho que estava no São Bento, os laterais Jonas e Breno Lopes e o atacante Luiz Paulo destaque do Itabaiana na Série D, com a Série C como grande objetivo no ano, o Ituano usará o Paulista como um vestibular para acertar a equipe sonhando em alcançar novamente as quartas de finais assim como em 2019.


Situação no Campeonato

O Ituano surge como a segunda força junto com o Mirassol que trouxe bons reforços, o entrosamento da equipe conta a favor em um campeonato de tiro curto, a meta é alcançar as quartas de finais igual 2019.

Power Ranking: 2.5


Novorizontino

Time Base: Oliveira, Celsinho, Bruno Aguiar, Edson Silva e Paulinho, Adilson Goiano, Vinicius Kiss, Pereira, Cléo Silva, Guilherme Queiroz e Thiago Ribeiro.

Técnico: Roberto Fonseca

Craque: Thiago Ribeiro


Planejamento 2020

O Novorizontino começa mais um Paulistão mostrando que vem crescendo ano após ano, se destacando como uma das forças do interior e para esse ano conta novamente com o técnico Roberto Fonseca, a equipe agiu bem no mercado e aliou boas contratações com a volta de jogadores que já disputaram o Paulistão pela equipe nos anos anteriores.


Grande força nas categorias de base do estado o clube se destaca por sua organização dentro e fora de campo e se prepara para dar saltos maiores, ano passado foi eliminado nos pênaltis para o Boavista, esse ano terá a disputa da Copa do Brasil também, onde enfrentará o Figueirense buscando surpreender a equipe catarinense.


Situação no Campeonato

O grande problema é novamente estar no grupo do Palmeiras fato que se repete desde 2017 com a equipe sendo eliminada nas quartas de finais há 3 anos consecutivos com goleadas, coincidência que dessa vez a equipe quer deixar pra trás e avançar em busca do algo a mais, resta observar se o Novorizontino 2020 conseguirá essa proeza.

Power Ranking: 2.75


Mirassol

Time Base: Kewin, Daniel Borges, Luiz Otávio, Diego Giaretta e Romário, Paulo Roberto, Neto Moura, Oyama, André Castro, Marcelo Toscano e Maranhão

Técnico: Ricardo Catalá

Craque: Marcelo Toscano


Planejamento 2020

O Mirassol vem se consolidando como um dos principais times do interior, dono de um grande CT construído graças ao dinheiro da venda do atacante Luís Araújo do São Paulo para o Lille da França a equipe vem há vários anos na elite do Paulista sempre montando bons elencos e para esse ano não poderia ser diferente, com a manutenção do técnico Ricardo Catalá a equipe manteve os destaques da Copa Paulista, como os meio campistas ex Palmeiras João Denoni e Juninho, além de Neto Moura e Claudinho.


Contratações e Dispensas

Em relação à reforços a diretoria mostrou habilidade e trouxe vários atletas da Série B e alguns da Série A formando um elenco competitivo, destaque para os zagueiros Luiz Otávio ex Chape e Tiago Alves ex Ceará, o lateral Romário ex Santos, o volante Paulo Roberto ex Corinthians e Fortaleza e os atacantes Marcelo Toscano ex América-MG e Maranhão ex Fluminense e Goiás.


Situação no Campeonato

A equipe busca fazer um campeonato melhor e sem sustos ao contrário do ano passado onde lutou contra o rebaixamento, no seu grupo surge um pouco atrás do Ituano para a segunda vaga, porém pode surpreender e também montar ao menos uma base para o segundo semestre onde disputará a Série D em busca do sonho de alcançar as principais divisões do futebol brasileiro, estrutura para isso o Mirassol já tem.

Power Ranking: 2.25


Água Santa

Time Base: Caio, Luis Ricardo, Naylhor, Walisson Maia e Fabrício, Velicka, João Vitor e Pio, Robinho, Felipe Azevedo e Dinei.

Técnico: Fernando Marchiori

Craque: Fabrício


Planejamento 2020

O Água Santa está de volta a elite do Paulistão para a sua segunda participação após o descenso em 2016 onde só foi rebaixado porque nesse ano seis equipes cairiam para a Série A2, a equipe é uma das mais organizadas e vem colecionando boas participações na Copa Paulista e Série A2 nos últimos anos, porém só está na Elite graças a parceria entre Red Bull e Bragantino onde a equipe da empresa de energéticos não poderia estar na mesma divisão do time de Bragança e por ter terminado a Série A2 em terceiro lugar se beneficiou.


Contratações e Dispensas

O técnico será Fernando Marchiori que foi campeão da Série A2 ano passado pelo Santo André e segue no comando desde a ultima Copa Paulista, onde conseguiu montar uma boa base acrescentando alguns reforços para dar maior qualidade a equipe, são os casos de Fabrício ex Inter, Vasco, Palmeiras e Cruzeiro, Felipe Azevedo ex América-MG e o goleiro Caio e o lateral Abner que estavam no Athlético-PR.


Situação no Campeonato

Resta saber se será o suficiente para a equipe se manter na elite do Paulista, ao menos esse ano serão apenas dois rebaixados, bem diferente de 2016, para isso a equipe precisará tornar o seu estádio a Arena Inamar um verdadeiro alçapão para conquistar pontos que serão preciosos.

Power Ranking: 1.75


Santo André

Time Base: Fernando Henrique, Ricardo Luz, Luizão, Odair e Julinho, Nando Carandina, Jocinei, Vitinho, Rondinelly, Ramon e Douglas Baggio.

Técnico: Paulo Roberto Santos

Craque: Rondinelly


Planejamento 2020

O Ramalhão volta ao Paulistão após o rebaixamento em 2018 e o título da Série A2 ano passado, a equipe busca se firmar novamente na elite Paulista e voltar ao cenário nacional, campeão da Copa do Brasil 2004, Vice-Campeão Paulista em 2010 dando trabalho para o Santos de Neymar, para isso trouxe o experiente Paulo Roberto Santos para comandar a equipe, após o excelente trabalho pelo São Bento ele ainda não conseguiu engatar outro bom trabalho e busca no Ramalhão essa oportunidade.


Contratações e Dispensas

A equipe disputou a Copa Paulista com uma equipe jovem e desconhecida buscando encontrar alguns destaques para manter no elenco acrescentando com alguns reforços, a campanha não foi boa na competição o que dificultou um pouco as coisas, já em relação aos reforços a equipe procurou se manter dentro da sua realidade financeira atual onde se encontra abaixo de outras equipes pequenas mas que estão em melhores situação, mesmo assim conseguiu trazer alguns jogadores interessantes como o meio campo Rondinelly, o veterano goleiro Fernando Henrique, o zagueiro Jomar, ex Vasco, o centroavante Ronaldo, ex Ituano e Botafogo e o veterano Cristian, ex Palmeiras e campeão Paulista pelo Ituano em 2014.


Situação no Campeonato

A principal meta da equipe é lutar contra o rebaixamento e qualquer outro resultado já seria excelente para a equipe do grande ABC, em um grupo com Palmeiras, Novorizontino e Botafogo-SP a equipe surge como grande azarão.

Power Ranking: 1.50


Inter de Limeira

Time Base: Rafael Pin, Elácio, João Victor, Roger Bernardo e Vançan, Matheus Neris, Marquinhos, Murilo Rangel e Thomaz, Tcharlles e Lucas Braga.

Técnico: Elano

Craque: Thomaz

Planejamento 2020

De volta a elite do Paulistão após 14 anos a Inter de Limeira após perambular nas divisões menores paulistas, a Inter de Limeira chegou ao fundo poço em 2009 quando disputou a quarta divisão estadual, depois disso sofreu sete temporadas na Série A3 antes de voltar a Série A2 e conquistar depois de muito tempo um improvável acesso, para esse ano a equipe buscou ninguém menos do que o ex jogador Elano que vai para a sua primeira experiência de fato no comando técnico de uma equipe, foi apenas interino no Santos por alguns jogos e a missão será das mais difíceis, com um orçamento bem menor do que os concorrentes a equipe luta para não ser rebaixada novamente.


Contratações e Dispensas

Para isso buscou alguns reforços para qualificar o elenco, entre os destaques estão o agora zagueiro Roger Bernardo, ex Palmeiras e Atlético-MG, o jovem atacante Airton emprestado pelo Palmeiras e o meio campista Thomaz ídolo na Bolívia, mas que não agradou na sua passagem pelo São Paulo, resta a dúvida se será o suficiente para se manter em um campeonato tão disputado como o Paulistão.


Situação no Campeonato

Será um grande teste para Elano em um grupo com São Paulo, Mirassol e Ituano, enfrentando grandes equipes e rivais mais estruturados, qualquer resultado que não seja o rebaixamento será uma grande surpresa e com certeza muito comemorado na cidade de Limeira.

Power Ranking: 1.25


Visão do Apostador

O Paulistão é um grande campeonato com um nível técnico bem elevado em comparação aos outros estaduais, analisando grupo a grupo minhas apostas seriam em uma classificação no Grupo A de Santos e Ponte Preta, no Grupo B Palmeiras e Novorizontino, no grupo C São Paulo e Ituano, mesmo gostando do time do Mirassol e no grupo D, o mais difícil, acredito em uma classificação de Corinthians e Red Bull Bragantino.


Agora já projetando uma provável quartas de final, vejo apenas o Corinthians tendo trabalho contra o Red Bull Bragantino, principalmente se a equipe não se classificar em primeiro no grupo e jogar o jogo decisivo em Bragança, lembrando que as quartas é disputada em jogo único.


Agora em uma provável semi final entre os quatro grandes tudo pode acontecer, vejo o Palmeiras com um pouco mais de força mesmo com todas as mudanças no elenco, o Corinthians com boas perspectivas para o ano, o Santos muito dependente dos titulares e o São Paulo esperando uma reação dos jogadores que não foram bem ano passado.


Carlos Pulga

231 visualizações

Ao fazer parte do Grupo de Elite, você terá acesso à análises diárias de jogos feitas por especialistas de maneira fácil, prática e com grande tendência de lucro.

Grupo de Elite

© Mundo RTB. Desenvolvido por Grupo MVDesign.

  • Nossa página no Facebook
  • Nosso canal no Youtube