Aprenda tudo que você precisa saber sobre a bolsa esportiva para começar hoje mesmo direto do seu celular ou computador.

Método rtb

  • carlospulgartb

ATP Finals: "Grupo Tóquio 1970"




O ATP Finals 2020, será disputado em Londres e os grupos foram definidos nessa quinta-feira (12), em sorteio realizado pela ATP. Os grupos são separados pelos cabeças de chave número 1 e número 2 do mundo, nesse caso Nadal e Djokovic. Vamos agora conhecer um pouco mais dos integrantes do grupo denominado "Tóquio 1970".


Novak Djokovic


O sérvio Novak Djokovic é o atual número 1 do mundo e será até o final do ano independente do resultado do ATP Finals. O sérvio já conquistou 5 títulos desse torneio (2008, 2012, 2013, 2014 e 2015) que reúne os 8 melhores tenistas do ranking, sendo o primeiro tenista a conseguir conquistar por 4 vezes consecutivas, além disso o sérvio vem com a missão de igualar o feito de Roger Federer como maior campeão com 6 conquistas.


O sérvio chega ao ATP Finals como favorito, porém, com uma desconfiança pelas suas últimas exibições nos torneios, que foram uma desclassificação no Us Open por atingir uma bolinha na juíza de linha, uma derrota na final de Roland Garros para o espanhol Rafael Nadal e uma eliminação vergonhosa para Lorenzo Sonego no ATP de Viena. Porém, nada disso abaixa o nível técnico e a qualidade do sérvio que é um dos melhores tenistas da história e vem com tudo para conquistar mais um ATP Finals.


Daniil Medvedev


O Russo Medvedev chega para o ATP Finals após conquistar o Masters 1000 de Paris na semana passada contra o alemão Zverev. Após uma temporada abaixo da temporada de 2019, o Russo aparenta ter conseguindo voltar a fazer ótimas exibições e promete incomodar nesse Grupo Tóquio em busca de uma vaga na semifinal. Sem dúvidas é um tenista que possui um potencial muito grande, quando consegue aliar qualidade técnica com o seu mental, se torna ainda mais difícil de ser derrotado.


Alexsander Zverev


O alemão Zverev vem para o ATP Finals em busca do seu segundo título, ele que já foi campeão em 2018, quando venceu o sérvio Novak Djokovic na final. Zverev teve um ano bom, chegou as finais do Us Open desse ano quando acabou derrotado por Dominic Thiem. No pós pandemia, venceu os dois torneios de Colônia e na semana passada chegou a final do Masters 1000 de Paris, porém acabou sendo derrotado por Daniil Medvedev. O alemão é um tenista com um excelente potencial e cotado a chegar às semifinais do ATP Finals.


Diego Schwartzmann


O Argentino foi o último tenista a garantir vaga no ATP Finals, porém conseguiu após muitos anos colocar novamente um tenista Argentino no Finals. Diego teve uma boa temporada, conseguindo chegar as Finais do Aberto de Córdoba, Masters 1000 de Roma, ATP de Colônia, porém em todas o Argentino acabou sendo derrotado, alem disso fez também semifinal de Roland Garros, aonde acabou sendo eliminado pelo campeão Rafael Nadal, mas nada disso apaga o brilho de uma excelente temporada do Argentino, que dentro de quadra sempre mostra muita raça e vontade de vencer a cada ponto disputado e promete não ser diferente no ATP Finals.


Essa é a composição do Grupo Tóquio 1970, apenas dois desses tenistas avançam às semifinais. A partir de domingo teremos a oportunidade de acompanhar os melhores do mundo em quadra.


Artigo escrito por Lucas Milano.

626 visualizações

Ao fazer parte do Grupo de Elite, você terá acesso à análises diárias de jogos feitas por especialistas de maneira fácil, prática e com grande tendência de lucro.

Grupo de Elite

© Mundo RTB. Desenvolvido por Grupo MVDesign.

  • Nossa página no Facebook
  • Nosso canal no Youtube